Artboard-1
Reportagens

B&R – “Emoção, Gratidão e Êxtase!”

A Beatriz e o Rodolfo viviam em Madrid quando nos conheceram e por isso fazia todo o sentido terem alguém em Portugal para os ajudar na organização do casamento. Reunimos e a empatia foi imediata pois são e foram sempre os dois de uma simpatia incrível connosco.

A Beatriz é Portuguesa e o Rodolfo Peruano, quando decidiram casar a escolha de Portugal acabou por ser fácil e sabiam que era o que fazia mais sentido. A família do Rodolfo e amigos acabariam por ter oportunidade de conhecer um pouco de Lisboa e do nosso pais e todos os amigos que foram fazendo por onde viveram.

Partilhamos convosco um bocadinho do que foi o grande dia destes queridos noivos. Acho que vão conseguir ver através das fotografias o quão apaixonados, divertidos e felizes estavam os dois e todas as suas famílias e amigos.
A Beatriz e Rodolfo namoraram durante 5 anos, conheceram-se no dia de anos da Beatriz  e começaram a sair pouco tempo depois.

No pedido de casamento existem duas versões e que merecem ser partilhadas 😉
“Fue una pequeña gran sorpresa en Roma, seis meses de intensa planificación. Llevé a Bea a un viaje sorpresa de fin de semana con la excusa de que había conseguidos los pasajes en promoción. En Roma, pasamos el viernes entero paseando como turistas y por la noche fuimos a un mirador de la ciudad donde tenía planeado pedirle que se casara conmigo.
Minutos después fuimos a cenar a un restaurante cerca del mirador, donde ya nos esperaban su familia que viajó desde Lisboa y la mía, que viajó desde Lima; todos juntos en la misma mesa. Bea ni se lo imaginaba.” Rudi

“O Rudi preparou um fim de semana fora que seria o “último desse verão“ e como eu normalmente sou muito curiosa e era ele quem estava a organizar começou por insistir em não me dizer onde era. Nunca suspeitei de nada porque achei que era simplesmente para provocar-me e testar os limites da minha curiosidade e insistência que era mais uma brincadeira de ver quem se cansava primeiro 😀 Se eu de perguntar ou ele de dizer, finalmente, onde íamos. Chegados ao aeroporto, o destino era Roma, eu super contente e feliz, era um destino que ambos não conhecíamos e estávamos super entusiasmados. Uma vez em Roma, passeio normal, pontos turísticos TODOS, 20 kms num dia…o típico.

Quando chegámos ao final da tarde para descansar e trocar de roupa antes de jantar o Rudi ainda “fingiu” estar cansado e disse que talvez fosse melhor ficarmos pelo hotel, aproveitávamos que estávamos em Itália e pedíamos uma pizza, coisa que normalmente fazemos ao fim de semana, em casa… obviamente que eu não achei muita graça íamos estar apenas o fim-de-semana em Roma e assim não aproveitávamos uma das duas noites que tínhamos na cidade. Lá fomos, metemo-nos no táxi e fomos até ao restaurante que o Rudi tinha reservado. Como tínhamos ainda algum tempo e estava a anoitecer o Rudi sugeriu que fôssemos até a um miradouro que havia mesmo ao pé do restaurante para aproveitar a pouca luz que ainda havia para umas fotografias. E aí foi quando depois e umas quantas selfies, abriu a bolsa da máquina fotográfica, tirou de lá uma caixinha e de joelho no chão me perguntou “me das el honor de despertar todos los días a tu lado, te casas comigo?”

Acho que congelei, durante 20 segundos antes de conseguir balbuciar e depois saiu o rotundo sim e um abraço do tamanho do mundo. Ficaria tudo por aqui e já seria fantástico, mas o Rudi é o melhor dos melhores e quando chegámos à porta do restaurante estavam sentados à mesa, à nossa espera, a nossa família. O pai, irmã, cunhado e avó do Rudi vindos do Perú e os meus pais, de Portugal. Aí chorei tudo o que o choque inicial não me tinha permitido e passámos um fim de semana fantástico, em família, como gostamos.” Bea

newnewPrep-new-copy-3

reportagemPrep-new_5

A Maquilhar e a pentear esteve a querida Raquel Batalha com quem tanto gostamos de trabalhar e fez um trabalho incrível.

Depois de ter entrado nas lojas todas tradicionais e não me ter apaixonado, na íntegra, por vestido algum resolvemos que talvez fosse boa ideia tentar encontrar uma designer que pudesse fazer um vestido que fosse mesmo a minha cara. A dedicação e o empenho, da STOA, desde o primeiro minuto fez com que lhes confiássemos esse desafio. Fazer um vestido versátil, que não fosse muito trabalhado, mas que me fizesse sentir a noiva que sempre quis ser. Não podia ter resultado melhor, nem em sonhos, pensei casar com um vestido assim. E ainda tive a sorte de, em Madrid, encontrar o toucado perfeito. Um grande obrigado à Margarida, à Catarina e à Milu, fizeram de mim uma verdadeira princesa!” Bea

reportagemPrep-new_4

reportagemPrep-new_6

A Bea ficou uma princesa muito elegante e bonita. Tudo ficou perfeito desde a trança, ao tocado com os brincos mais simples mas acima de tudo o que a tornou ainda mais bonita foi o sorriso constante que teve neste dia.

reportagem-B&RArtboard-6

reportagem-B&RArtboard-8

O vestido da Bea tinha duas opções uma primeira com uma cauda comprida e outra em que mudava e ficava com uma saia com renda mais curta para conseguir dançar toda a noite e o vestido não ser uma preocupação. Ficou perfeito!

reportagem-B&RArtboard-9

 O bouquet foi feito pelas Flores com Graça e quando saiu do atelier deixou logo saudades.

reportagemPrep-new-copy

Uma família que gostámos muito de conhecer e que só nos deixam boas recordações.

reportagem-B&RArtboard-10

paisaltaPrep-new-2

reportagemPrep-new_2

reportagemPrep-new-copy-2

pais-altaPrep-new-1-copy

pais-altaPrep-new-1-copy-2

reportagem-B&RArtboard-12

Casaram na Igreja do Estoril numa cerimónia repleta de emoções!

reportagemnew-cerimonia_1

reportagem-B&RArtboard-13

O Rudi esteve sempre divertido e muito bonito no seu fraque!

reportagemnew-cerimonia-copy

reportagemnew-cerimonia_4

reportagemArtboard-43

reportagemArtboard-44

reportagemnew-cerimonia_2

reportagem-B&RArtboard-18

reportagem-B&RArtboard-19

reportagem-B&RArtboard-17

reportagem-B&RArtboard-16

reportagem-B&RArtboard-20

reportagem-B&RArtboard-22

reportagemnew-cerimonia_5

reportagemnew-cerimonia

“O espaço foi como o amor, à primeira vista. Foi o último espaço que visitámos no primeiro dia de visitas e ficámos rendidos com a localização a vista e toda a envolvência, foi a cereja no topo do bolo.” Bea e Rudi

reportagemespaço

chegada de carro-new celebração_1

chegada de carro-new celebração_2

chegada de carro-new celebração copy

reportagem-B&RArtboard-24

reportagem-B&RArtboard-23

convidados-new celebração_1

reportagemnew-noivos_1

reportagem-B&RArtboard-27

sessao-new-noivos_2

reportagem-B&RArtboard-29

reportagemnew-noivos_4

convidados-new celebração_2

convidados-new celebração_3

convidados-new celebração_4

Quiseram uma decoração que tivesse os tons verde, amarelo e laranja e que resultou numa decoração bastante alegre!

reportagem-B&RArtboard-33

reportagem-B&RArtboard-35

reportagem-B&RArtboard-34

reportagem-B&RArtboard-36-copy

reportagem-B&RArtboard-38

reportagem-B&RArtboard-39

Entraram a dançar com todos os convidados a abanarem bandeiras Portuguesas e Peruanas e o ambiente que se viveu foi sempre este de festa entre todos, fossem de que nacionalidade fossem.

mais-Artboard 50 copy

mais-Artboard 50

A Beatriz fez mais 2 bouquets com as Flores com Graça para entregar a quem gostava que casasse. Entregou a duas grandes amigas.

BOUQUETS-Artboard 51

BOUQUETS-Artboard 52

BOUQUETS-nivos noite copy 3

BOUQUETS-Artboard 54

Por fim a Bea entregou o seu bouquet à mãe e foi mais um momento muito querido.

reportagemnew-celebração

Os noivos fizeram discursos que fizeram tanto rir como chorar quem os ouviu. E os homens choraram 😉

mais-nivos noite copy 2

mais-nivos noite copy

O Corte do Bolo foi o mote para os convidados saírem do jantar e continuar a festa.

mais-Artboard 47 copy

mais-nivos noite

mais-Artboard 47 copy 2

mais-bolo

mais-Artboard 47

DANÇA-Artboard 55

DANÇA-Artboard 56

DANÇA-Artboard 57

noite-Artboard 58

noite-nivos noite copy 4

reportagem-B&RArtboard-42

Em 3 palavras como descrevem o dia?
Emoção, Gratidão e Êxtase.

O que foi Casar com Graça?
Desde a primeira reunião soubemos que estávamos no sítio certo com uma equipa que tem sempre uma resposta rápida e o conforto de um abraço ou de um conselho, mesmo à distância. É ter alguém que marca pautas e que nos guia e nos ajuda a cumprir timings e a não deixar procrastinar. É ter a tranquilidade de que mesmo que corresse tudo mal elas iam estar lá para que ninguém desse conta. Casar Com Graça foi também delegar em mãos experientes as tarefas que consomem muito tempo, que nos desgastam enquanto casal e que poderiam até causar algum atrito. Foi um acerto!

Aos noivos que vão casar que conselhos dão?
Planeiem com tempo e tenham sempre em conta de que o mais importante é o passo que estão a dar e não toda a envolvência. Façam que a cerimónia seja vossa e cheia de significado. Envolvam as pessoas que vos são mais próximas e sobretudo desfrutem. E durante a festa 1 copo de água por cada meio copo de álcool, assim duram toda a noite!

No dia, qual foi o momento que mais vos marcou?
Sem dúvida a cerimónia: A entrada da Bea na igreja, cada leitura e cada música e mais importante o nosso Padre que nos surpreendeu e nos acarinhou durante toda a cerimónia: preparou uma homília lindíssima e até um texto em Espanhol para nossa surpresa.

Meus queridos Bea e Rudi foram e continuam ser especiais. Foi a vocês que enquanto ainda devia ser segredo partilhámos a nossa nova imagem, os nossos novos projectos e sonhos! A vossa forma de viver a vida com um espírito de aventura, entusiasmo e alegria fez com que vos sentíssemos um bocadinho nossos. Continuem sempre assim a mostrar os sentimentos com sorrisos, abraços, beijinhos, choro porque é tão bom e raro! Vão chegar os dois até velhinhos com mais rugas de tanto sorrirem e nós vamos estar cá para rir convosco!

Obrigada por tudo!

Beijinhos,

Ticas

Fotografia: Subtilography

Write a comment