40
Noivas Noivos Organização de casamentos Reportagens

A&E “Alegria. Amor. Amandudu.”

A Amanda e Eduardo conheceram-se no Brasil nos tempos de escola e passados 10 anos, por encontros inesperados e amigos em comum reencontraram-se. E, foi em 2011 que começaram a namorar depois de terem ficado presos num elevador em casa de uns amigos! Desde aí não se largaram mais!

O pedido de casamento foi em Lisboa quando a Amanda veio visitar o Eduardo. Encontraram-se ao fim do dia e passaram na Manteigaria e seguiram para uma happy hour no Delirium Café. 

O destino era um concerto de jazz no Miradouro de Santa Justa mas estavam atrasados quando o Eduardo sugeriu que subissem pelo elevador para chegarem mais rápido. 

E foi aí que 68 meses depois do primeiro beijo, ficaram presos pela segunda vez num elevador – desta vez no Elevador de Santa Justa – onde o Eduardo pediu a Amanda em casamento. 

Desta vez o Eduardo tinha tudo planeado, não havia concerto, e o facto do elevador estar vazio, apensar de ser um dos pontos turísticos da cidade, não foi por acaso!

A grande decisão era casar no Brasil ou em Portugal. Casar fora do Brasil significava que muitas pessoas não poderiam estar presentes no grande dia, por outro lado, a Amanda e o Eduardo queriam muito participar de cada momento da organização do casamento, e para isso estando a viver cá seria melhor casar em Portugal.

Depois de muito pesquisarem a decisão final foi casarem em Portugal e com a equipa Casar com Graça, o que nos deixou bastante contentes.

Sendo brasileiros a maioria dos seus convidados vieram do Brasil e por isso no dia antes do casamento organizou-se uma recepção aos convidados num hotel em Lisboa com vista sobre a cidade.

 

4

1

2

3

5

6

 

Quando ficaram noivos, o Eduardo já morava em Portugal e a Amanda estava em processo de mudança. E a grande decisão era casar no Brasil ou em Portugal. Casar fora do Brasil significava que muitas pessoas não poderiam estar presentes no grande dia, por outro lado, a Amanda e o Eduardo queriam muito participar de cada momento da organização do casamento, e para isso sera melhor casar em Portugal.

Quando pesquisavam para poderem decidir, descobriram algumas diferenças entre os casamentos em Portugal  no Brasil, e gostaram do que descobriram, tomando a decisão de casar cá, no Estoril.

 

7

8

9

12b

16

17

14

15

 

O vestido da Amanda era da Pronovias, um vestido rendado justo ao corpo e que lhe ficava lindamente!

 

18

meninas6

21

mae 2

mae 3

24

22

23

noiva1

noiva2

25

meninas4

 

27

28

29

30

31

musica

32

 

A cerimónia foi das mais emocionantes que assistimos. Os discursos da Amanda e Eduardo e de todos os seus familiares puserem não só os convidados a chorar como a nossa equipa que não conseguiu conter tanta emoção.

 

33

38

noivos3

noivos4 noivos5

noivos6

noivos

noivos2

noivos8

noivos9

noivos10

meninas1 meninas2

meninas3

41

deco1

deco2

deco3
Contámos com a talentosa Sofia da empresa Branco e Prata para fazer todos os arranjos florais que ficaram incríveis!

42a

43

44

equipa3

 

equipa5

meninas5

45

Fotografias de Rui Valido e Sandro Arcanjo

 

Em 3 palavras como descrevem o dia?
Alegria. Amor. Amandudu.

O que foi Casar com Graça?
Casar com Graça foi, acima de tudo, casar com tranquilidade, foi casar com orientação (e precisamos disso quando se casa no estrangeiro!) e foi casar com carinho – a Bia, a Inês e a Ticas foram super queridas, sempre indo além do esperado para nos ajudar (às vezes em assuntos que nem eram relacionados com o casamento).

Aos noivos que vão casar que conselhos dão? 
Eduardo diz: muita paciência, principalmente pros noivos.
Amanda diz: O mais importante é se cercar de profissionais que você confie e que tenha tranquilidade que farão um bom trabalho e, se não tiverem satisfeitos, busquem outras opções, insistam até que estejam contentes com o que será contratado. E, acima de tudo, evitar que esse tipo de conflito se torne um conflito para o casal – paciência para ambos os lados!

No dia, qual foi o momento que mais vos marcou? 
Foram muitos! No dia anterior ao casamento fizemos um welcome drink e encontramos muitos convidados que não víamos há muito tempo, foi muito bom rever tantas caras queridas. A cerimónia foi muito emocionante, foi toda planejada por nós e mesmo o que não ocorreu como o planejado foi um reflexo de quem nós somos. O serviço de catering foi impecável (quem conhece a Amanda sabe que ela gosta de comer bem!). Houve um discurso planejado dos nossos pais e um não planejado, dado pelo nosso melhor amigo Cadu. Todo mundo estava tão feliz! Estávamos todos longe de casa, mas a comemoração toda foi tão íntima, tão alegre e tão cheia de amor que foi impossível não se sentir em casa. A pista de dança ficou cheia e animada a noite toda e, seu grande finale, foi a nossa última dança, que não foi planejada, mas que refletiu a energia e as good vibes daquele dia incrível.

 

Continuem a ser Amandudu para todo o lado que a vida vos levar! Sempre juntos e unidos até velhinhos!

Graciously,

Ticas Graciosa

 

Write a comment